War at home! segunda-feira, setembro 08, 2008




Amor, tabaco e casamento... Como conciliar tudo isso? 

E o meu amigo gay? Será ele fumante? Será ele anti-tabagista xiita? Será que ele nao é fumante mas nao tá nem aí pra essa polêmica toda? A conferir!

Beijos

2 comentários:

José Ricardo disse...

Este pensamento com certeza é de uma mulher inteligente e muito capaz.
Tenho a honra de ser seu amigo mesmo não sendo gay.
Esta amizade posso afirmar é muito sincera e autêntica, pena que mesmo estando na fila e ser o primeiro tenho a certeza de que não irá se realizar. (vc sabe do que falo).
Será que é "diferente" ser gay ? Para gays e lésbicas, a vida diária pode ser uma experiência frustrante e doloroso da nossa sociedade. Gays e lésbicas têm sido oprimidos. Sofrem com a discriminação social, com o poder econômico e político.

Esta minha grande e maravilhosa amiga (embora baixinha) esta discriminação é tão somente um mito sobre gays e lésbicas. Os gays e lésbicas devem ser tratados de igual modo na nossa sociedade, temos de dissipar estes mitos.

Não é vergonha para ligar para gays e lésbicas, estar com eles nas festas e atividades sociais.

Um homossexual ou lésbica é alguém cuja principal afeição sexual é por um membro do seu próprio sexo.

Os homossexuais e lésbicas, na sua maior parte, são confortáveis com as suas identidades como homens e mulheres e não têm qualquer desejo de mudar suas relações sexuais. Mas com certeza são amigos de fé são pessoas que criam amizade e a querem para sempre.

Não tenho dúvida de que este é o pensamento de minha grande amiga. Sinto-me muito honrado dessa amizade e espero seja eterna (continuarei na fila para sempre)

Um grande beijo e abraços
Do seu para sempre
Ricardo

Ludmila disse...

Ricardo,
Poxa, que legal, fico feliz em saber que vc. defende a causa. E eu que achava que vc. era homofóbico. Como é bom saber que eu estava errada :-) Grande abraco