Gírias gay? Tô ferrada! (Esse pau de macarrao explico depois! sexta-feira, setembro 05, 2008


Andei pensando, será importante que eu conheca a gíria gay pra conquistar meu amigo?


Pesquisei na internet, tem muita coisa, inclusive palavras que tb. sao usadas no mundinho hetero.


Pra ser sincera, só conheco 3 que o Gegê (meu amigo gay que sumiu no mundo) falava muito a tempos atrás: bofe, biba e mona. As duas últimas tem o mesmo significado, ou nao? Alôooooooô!? Podem me corrigir, eu aprendo rápido.


Trocando de alhos pra bugalhos, galera, fiz um antepasto italiano hoje que ficou bom paaaaaaaaacas! dá pra comer com pao, ajoelhada no milho de tao gostoso. Aí vai a receita pra 4 pessoas, quem quiser arriscar:


Antepasto italiano by Ludmila, a louca:


Ingredientes:

3 beringelas grandes

1 abobrinha grande

1 vidro pequeno de tomates secos regados no azeite

orégano

manjericao

pimenta (aquela de bolinha) moída na hora

2 dentes de alho picados

1 cebola média picada

vinagre

azeite e sal a gosto

Preparo:

Corte em cubinhos a beringela e a abobrinha. Cozinhe a beringela na água, com uma boa dose de vinagre. Em outra panela, cozinhe a abobrinha. É bom deixar ambas cozinharem até ficarem bem macias, mas nada de deixar virar mingau.

Depois de cozidas, retire a água e arrume uma tigela grande ou refratário, pode misturar.

Acrescente entao, o tomate seco, a cebola e o alho ( crus), uma boa pitada de orégano e muitas folhinhas de manjericao. Sal à gosto e pode caprichar no azeite.

Para acompanhar, pao e vinho! (ei, meu plano é conquistar vc. tb. pelo estômago)


Sim, eu sei, nao tem muito a ver com o blog, mas diversidade(me todos os aspectos da palavra) e liberdade pra mim é tudo. Conceitos existem para serem quebrados e regras tenho dificuldade para seguir. Nao é à toa que só me firmei profissionalmente depois que resolvi trabalhar pra mim mesma. Detesto a idéia do chefe opressor ou que me digam o que eu tenho que fazer, acordar cedo definitivamente é díficil pra mim, mas claro, a vida nao é um parque de diversao e com filho pequeno, se acordar de pileque, se vira meu, vai esquentar o leite.

Ich bin müde, gehe ich gerade zum Bett!




4 comentários:

Anônimo disse...

Vc quer uma amigo gay? Qual tipo de gay, o estereótipo estampado pela sociedade??? Pois assim como existem vários tipos de mulheres, de homens, existem vários tipos de gays. Existem diferenças entre as pessoas, e achar uma pessoa pra substitua outras que passaram pela sua vida, não é uma tarefa fácil. Sou gay e não tenho todos os requisitos que vc colocou, rsrsr. Vim com defeito? Abraço e sucesso.

Ludmila disse...

Oi, obrigada por escrever :-) Sim, quero muito um amigo gay. Essa coisa do esteriótipo é bem complicada, nao consigo me ater a isso pois o universo humano (gay, hetero, lésbica ou seja lá o que for) é muito ampla. Há gays discretos, há gays que se travestem, há gays que engajados na luta social, há gays que nem parecem gays, etc... Vc. tem razao, ninguém vai substituir o Gegê, porque cada pessoa é um ser único, com mil qualidades e defeitos, assim como eu e vc. Os requisitos na verdade nao existem, sao apenas um parâmetro para mostrar o que eu conheco do universo gay, que pra ser bem sincera é , gostaria de conhecer mais. Nao acho que vc. veio com defeito, rs, mas acredito que vc. tem aquele "je ne se qua" fabuloso e vibrante que cada gay guarda no fundo de sua alma. Um beijo meu querido. Seria pedir muito pra vc. passar meu link pra alguns amigos seus? Tô com um pouquinho de receio de nao ser bem interpretada pela comunidade, mas por enquanto o retorno tem sido bem positivo!

Fabricio Viana disse...

Amei seu blog, mas fique esperta também pras criticas, pessoas má intencionadas e que entram só pra te deixar pra baixo... como vivo dizendo, até vou incluir no meu orkut, "nem todo amigo que eu tenho é gay, assim como nem todo gay é meu amigo". Boa sorte.. bjs Fabricio Viana

Thiago disse...

achei genial o seu blog e adorei como você se mostra aberta a conhecer o público gay. concordo com o sr. anonimo de cima quando ele alertou para tomar cuidado com estereotipos, mas acho que tenho que acrescentar ao comentário dele que o fato de você estar procurando demonstra sua mente aberta e disposição de conhecer. Acho natural que enquanto não conheça o meio se crie estereotipos, mas o mais importante é estar disposto a quebra-los - e você parece estar. Agora acho que simplesmente tratá-la com a ironia q ele utilizou somente demonstra militância exagerada e desnecessária.
Sou gay também e não me enquadro em todas as características q você colocou, mas nem por isso acho que vim com defeito, ou deixo de ser gay, tampouco critico as caracteristicas que vc publicou. Pelo contrário, acho que apenas mais uma vez superou o preconceito e buscou entender o meio gay.